Alien: Covenant

A franquia, iniciada em 1979 com “Alien, O Oitavo Passageiro”, marcou a história da sétima arte no segmento de ficção científica. O longa arrecadou US$105 milhões, levou o Oscar de efeitos especiais e rendeu continuações e cópias genéricas. Após quase 40 anos, o mostro mais temido das telonas está de volta. O novo filme é uma continuação da história lançada em 2012 (Prometheus) e promete ligar as pontas com o primeiro capítulo da saga.

Alien: Covenant, narra a história da nave colonizadora Covenant, que tem por objetivo chegar ao planeta Origae-6. Um acidente cósmico faz com que Walter, o andróide a bordo da espaçonave, seja obrigado a despertar os tripulantes da missão antes de chegarem ao seu destino. Em meio aos reparos necessários, eles descobrem um planeta desconhecido, que teria as condições indispensáveis para abrigar vida humana. A tripulação decide então ir ao local para investigá-lo, considerando até mesmo a possibilidade de deixar de lado a viagem até Origae-6 e se estabelecer por lá. Mas ao chegar, eles rapidamente descobrem que o planeta hospeda seres mortais. O ator Michael Fassbender (que fez Magneto, na série X-man) tem dois papeis no filme, interpretando os andróides Walter e David. Walter é a versão atualizada de David e totalmente oposto ao seu antecessor. Enquanto ele busca apenas seguir as ordens e nutre uma admiração pela personagem Daniels Branson, o outro despreza a raça humana e é o responsável por uma grande parte da história.

Com cenas previsíveis, alguns sustos, muito sangue e cheio de efeitos gráficos, Alien segue os padrões de um bom filme de ficção científica, apesar de não ir muito além disso. Mas para os fãs da série, Covenant é uma ótima forma de matar a curiosidade, por explicar alguns pontos soltos desde o longa de 1979. Deixando algumas falhas de lado, a terceira parte da franquia é uma boa opção pra quem gosta de ação e seu final faz valer a ida ao cinema, deixando aquele gostinho de quero mais. E agora só nos resta torcer pro próximo capítulo da franquia não demorar muito pra sair.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *